5 erros comuns de brasileiros em viagens internacionais a trabalho

5-erros-comuns-de-brasileiros-em-viagens-internacionais-a-trabalho.jpeg
Escrito por Belatur

Quando se tem oportunidades de viagens internacionais a trabalho, é muito comum que se queira conhecer o país para onde está viajando, aproveitar o momento, passear, curtir e conhecer novas pessoas e culturas.

Porém, essas viagens devem ter outras finalidades. Você deve sempre se lembrar que existem horários e compromissos e que você está ali carregando o nome da empresa consigo.

Neste artigo, você vai ver 5 erros muito comuns cometidos por brasileiros em viagens internacionais a trabalho. Confira!

1. Procurar novas oportunidades de trabalho

Parece que não, mas muitas pessoas tentam se aproveitar de viagens internacionais a trabalho para buscar novas oportunidades de emprego.

Nessas viagens, é muito comum que você tenha contato com pessoas importantes de outras empresas, abrindo possibilidades de conversas sobre trabalho. É usual vermos pessoas que acabam tentando aproveitar dessas situações para conseguir oportunidades no país de destino.

Isso pode dar muito errado, pois o profissional acaba manchado no mercado. A nova empresa contatada acaba vendo que o profissional não tem lealdade à sua empresa atual, além de ver que ele usa viagens a trabalho para buscar novas oportunidades.

Faça seu trabalho com dedicação, aproveite o conhecimento adquirido na viagem, não fale mal de seus colegas de empresa, muito menos da própria empresa. Dessa forma, sua viagem será muito proveitosa.

Não é proibido aproveitar novas oportunidades profissionais em situações como essa, mas deixe que tudo ocorra com naturalidade. É até comum vermos pessoas que viajaram a compromissos de trabalho no exterior e voltaram para o Brasil com ótimas propostas nas mãos, mas sem forçar a barra.

2. Esquecer o trabalho

Como já falamos, é normal a pessoa querer conhecer o lugar para onde está indo, mas muitos exageram nesse sentido e acabam deixando de lado os compromissos e dando lugar ao lazer.

Lembre-se sempre de que sua empresa está investindo em você no momento em que o escolhe para esse tipo de viagem, então os compromissos profissionais devem estar em primeiro lugar.

Se em algum momento sobrar um tempinho para a diversão e para conhecer o novo país, você pode aproveitar, é claro, mas essa não deve ser sua prioridade.

3. Usar o dinheiro da empresa para diversão

Como falamos no item acima, é normal que você use seu tempo livre em uma viagem internacional a trabalho para conhecer o lugar para onde está viajando e para se divertir. Mas isso deve ser feito usando o seu próprio dinheiro.

A empresa, ao te enviar para algum evento de trabalho fora do seu país, certamente disponibilizará uma verba para alimentação, locomoção e emergências. A não ser que a empresa indique que você pode dispor de parte daquela verba para seu uso próprio, utilize apenas o dinheiro que você mesmo levar para momentos fora do trabalho.

Pega muito mal para você caso seu empregador fique sabendo que está se aproveitando da verba que foi disponibilizada para emergências em momentos de lazer.

4. Abusar em momentos de lazer

Em encontros e congressos é muito comum que aconteçam confraternizações e festas. Lembre-se sempre do que já falamos: você está carregando consigo o nome da empresa durante uma viagem internacional a trabalho.

Evite exagerar nesses momentos. Por mais que sejam momentos de descontração, o abuso do álcool, entre outras coisas, pode levar a situações constrangedoras.

Divirta-se, mas mantenha o foco, pois mesmo durante uma festa, saiba que ali é um ambiente com contatos de trabalho. Seu filme pode ser queimado com apenas uma atitude negativa.

5. Não conhecer a cultura e os costumes locais

O último item dessa lista não envolve apenas, mas, principalmente, viagens internacionais a trabalho. Conhecer e respeitar a cultura do lugar que você está é muito importante. Isso causa sempre uma boa impressão em quem está lhe recebendo. É preciso procurar saber sobre a cultura do local para não cometer gafes.

Gostou das nossas dicas sobre como se comportar em uma viagem internacional a trabalho? Então assine nossa newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Sobre o autor

Belatur

Deixe um comentário