Como o turismo ajuda a desenvolver a cultura organizacional?

como-o-turismo-ajuda-a-desenvolver-a-cultura-organizacional.jpeg
Escrito por Jonatham Figueroa

O sucesso de um negócio depende, em grande parte, do envolvimento dos funcionários, que precisam estar motivados e bem alinhados com a política da empresa. A chamada cultura organizacional reúne os valores, crenças, hábitos e comportamentos que definem as diretrizes para o sucesso da organização. E uma boa cultura é capaz de envolver os funcionários, fazendo-os crescer junto ao negócio.

Uma cultura organizacional bem definida pode transformar um ambiente de trabalho, promovendo a sintonia entre os membros da equipe e, consequentemente, aumentando a produtividade. Funcionários mais estimulados, empresa em crescimento: ganho para todos.

Para que isso ocorra, o mais importante é que a empresa deixe sua política muito clara aos colaboradores. A partir daí, os funcionários vão ter uma orientação, um norte para realizar suas tarefas.

Viagens de incentivo: cultura organizacional e turismo

Algumas ações simples têm se mostrado bastante eficazes na integração do funcionário com a equipe e com a própria cultura da empresa. Transparência (no site ou intranet), encontros regulares, meios de comunicação efetivos. O importante é que todos tenham acesso a essas ações, do faxineiro ao executivo — afinal, todos fazem parte do mesmo time.

Outro método que tem trazido excelentes resultados é o turismo. As viagens de incentivo animam e motivam o funcionário, aumentando a bagagem cultural, ampliando horizontes e diminuindo o estresse. Quando os colaboradores percebem que fazem parte da cultura organizacional da empresa e que seus esforços são reconhecidos, a dedicação aumenta e o entrosamento fica mais forte.

Benefícios das viagens de incentivo

1. Motiva a equipe em seus objetivos

A vantagem mais evidente das viagens de incentivo é motivar a equipe a alcançar metas e produzir mais. A viagem representa a conquista de um objetivo e, ao mesmo tempo, uma experiência inesquecível.

2. O colaborador adquire conhecimento

Toda viagem é um banho de cultura, seja sobre a vida de pescadores num vilarejo ou sobre conquistas de antigos impérios. Não importa. A pessoa que volta de uma viagem não é a mesma de quando viajou. E isso, sem dúvida, impacta de maneira positiva no rendimento do trabalho.

3. Renova as energias dos funcionários

Depois de uma viagem, certamente o funcionário volta descansado e motivado, pronto para encarar novos desafios e trazer novas ideias para a organização.

4. É uma ferramenta de marketing para a empresa

Um colaborador que passa pela experiência da viagem de incentivo volta satisfeito tanto pessoal quanto profissionalmente. Passa a entender muito melhor o quanto é importante para a empresa e o quanto a organização se preocupa com ele — inclusive com seu bem-estar.

E é muito provável que ele fale sobre isso com familiares e colegas, e até compartilhe em suas redes sociais! Ele vai ressaltar a iniciativa da empresa em proporcionar esse tipo de motivação aos seus colaboradores.

Isso acaba gerando status para a empresa, que será reconhecida como um ótimo lugar para se trabalhar e, consequentemente, fazer negócios.

Viu como viagens de incentivo ajudam a desenvolver a cultura organizacional? E sua empresa, como trabalha a gestão de pessoas? Como motiva seus colaboradores? Deixe um comentário no post contando sua experiência!

Sobre o autor

Jonatham Figueroa

1 Comentário

Deixe um comentário