Já ouviu falar na Volta a Ilha em Florianópolis? Saiba mais!

Quem conhece Floripa sabe que a cidade guarda encantos capazes de agradar os mais variados gostos. Para os aventureiros que curtem participar de competições esportivas ou apenas acompanhar o resultado das modalidades, a Volta à Ilha é um atrativo imperdível.

A atividade ocorre todos os anos na capital catarinense e é considerada a maior corrida de revezamento por equipe da América Latina. Incrível, não? Fique conosco para conferir mais informações e os detalhes da próxima edição!

Como surgiu a Volta à Ilha?

A corrida foi criada pela Eco Floripa Eventos Esportivos em 1996. O principal responsável pela ideia foi o professor Carlos Roberto Duarte, que, ao lado de sua esposa, Maria de Fátima da Silva Duarte, formatou o percurso.

Foram muitos passeios pela cidade até chegar ao modelo atual da atração. No início, muitas medições do trajeto eram realizadas com um odômetro, de bicicleta — não havia GPS, internet ou celular para isso.

Após muito trabalho envolvido na divulgação, elaboração de regulamento, montagem de equipes e busca de patrocinadores, a corrida foi ganhando reconhecimento e passou a figurar entre os principais eventos da Ilha da Magia.

Como funciona o revezamento?

Como o próprio nome indica, a Volta à Ilha consiste em um trajeto ao redor da Ilha de Florianópolis. São 140 km de extensão, que devem ser percorridos em um período máximo de 15 horas e 30 minutos.

Inscrições

Quem quer participar de um dos principais atrativos em Florianópolis precisa se organizar com a antecedência de, pelo menos, 6 meses. Isso porque a definição dos times acontece por meio de inscrição e posterior sorteio.

O evento aceita até 400 equipes (mistas, masculinas ou femininas) compostas por 2, 8 ou 12 corredores. Esses são classificados em nove categorias e podem se planejar de acordo com a própria especialidade e condição técnica/física.

Percurso

Cada trecho da corrida tem uma característica peculiar e um grau de dificuldade específico, que vai de fácil a muito difícil. Há 18 postos de troca ao redor da ilha, e a distância entre eles varia entre 4 a 16 km.

Para progredir de uma área a outra, as equipes transportam os corredores em vans, motos ou carros. As paisagens do percurso estão entre os destaques e incluem estradas de terra, asfalto, belas praias, dunas, montanhas e trilhas em meio à mata atlântica.

Recordes

A Volta à Ilha é uma prova desafiadora que demanda planejamento e muito trabalho em equipe. Enquanto para muitos corredores a dificuldade é conseguir terminar o percurso dentro do tempo estipulado, para outros é cumprir todo o trajeto no menor tempo possível.

Aqueles que buscam finalizar a prova antes do fechamento do portal têm a possibilidade de bater recordes. Há campeões gerais e por categoria, sendo que a classificação ocorre a cada ano e pode ser verificada no próprio site do evento.

Qual é a expectativa para 2019?

Neste ano, o revezamento chega em sua 24ª edição com inscrições encerradas. O Volta à Ilha ocorrerá o dia 13 de abril de 2019. Por se tratar de uma modalidade possível de praticar na chuva ou sob o sol forte, as chances de sucesso desde o planejamento até a finalização são grandes.

O local de hospedagem oficial da corrida é o Majestic Palace Hotel, situado na Avenida Beira-mar norte, no centro de Florianópolis. É nesse estabelecimento que serão realizadas as tarefas administrativas pré-evento e a cerimônia de premiação.

Gostou de conhecer uma das provas mais famosas da capital de Santa Catarina? Se você tem interesse por atividades que estimulam a colaboração e o espírito de equipe, vale a pena se programar para comparecer à próxima edição do Volta à Ilha.

Ficou com alguma dúvida ou deseja opinar sobre o assunto? Fique à vontade para aproveitar o espaço de comentários!

Deixe um comentário